Blog Claudia Assef

Topo

Histórico

Categorias

WME Awards: Por que 1 prêmio de música para mulheres ainda é tão importante

Claudia Assef

02/12/2019 19h25

Nesta terça (3) acontece a terceira edição do WME Awards by Music2 – primeiro prêmio totalmente dedicado às mulheres do universo musical. Esta será a 3a edição da premiação e pelo primeira vez terá transmissão pelo canal TNT, a partir das 20h30. Já conhecida por seus shows, que misturam artistas e estilos bem diferentes, a premiação este ano vai passar pelo funk, sertanejo, pop, indie e culmina com homenagens a Gal Costa e Beth Carvalho

Antes de continuar o texto, sempre bom lembrar que sou uma das criadoras, ao lado de Monique Dardenne e Fatima Pissarra, portanto, sim, estou envolvida até a tampa.

Falemos sobre as apresentadoras e shows. A apresentadora oficial, desde o primeiro ano, é Preta Gil, e não podíamos estar mais felizes com seu trabalho, dedicação e carinho com o prêmio, isso sem falar no humor e na sagacidade com que o conduz. Só que no palco ela não está só. Recebe convidadas mega-ilustres para dividir a apresentação com ela e entrega prêmios. Este ano o elenco está fortíssimo, teremos no palco Fernanda Lima, Majur, Duda Beat, Negra Li, Gaby Amarantos, Valesca, Tássia Reis, Maria Beraldo, Tiê, Fátima Pissara, Cleo Pires, As Bahias e a Cozinha Mineira, Lei Di Dai, MC Tha, Ana Thaís Matos, Lorena Calabria, Anelis Assumpção, Sarah Oliveira, Lan Lanh, Mayra Maldijan, Florência Saraiva, Karina Buhr, Roberta Martinelli, Titi Muller, Taciana Barros, Debora dos Falsetes, Paula Lima, Karol Conká e  Mariana Aydar. Um paredão de minas desses!

Como estaremos no canal das premiações, claro que vamos ter Red Carpet! E a transmissão da TNT terá como âncoras a modelo Carol Ribeiro, responsável pelas transmissões internacionais, como o Oscar, e a cantora Karol Conka. Também teremos uma transmissão especial pelo Youtube do canal, com a DAY.

Karol Conka vai fazer entrevistas do Red Carpet junto com Carol Ribeiro

Os shows estão bem especiais também e dou aqui a lista das cantoras e featurings que teremos ao longo das duas horas de prêmio:

Pitty

1º Show | Música – Noite Inteira | Artista: Pitty

 

2º Show | Não Sou Obrigada / Injeção / Ao Som de 150  |

Artistas: Pocah, Deize Tigrona e MC Rebecca

 

3º Show (Homenagem Beth Carvalho) | Músicas: As Rosas Não Falam / Folhas Secas / Vou Festejar |

Artistas: Luana Carvalho, Nilze Carvalho, Mãeana

 

4º Show | Músicas: Sou Yabá / Coreto |

Artistas: Luiza Lian e Céu

 

5º Show | Músicas: Resistência / Mãos Vermelhas |

Artistas: Katu Mirim e Kaê Guajajara

 

6º Show | Música: Para, Pensa e Volta e Eliane.

Artistas: Yasmin Santos e Luiza Sonza

 

7º Show | Música: Bixinho / Xanalá |

Artista: Duda Beat e Gaby Amarantos

8º Show (Homenagem Gal Costa) | Músicas: Barato Total, Vaca Profana e Brasil |

Artista: Ana Cañas, Preta Gil, Cleo, As Bahias e a Cozinha Mineira, Aíla.

Notou que tem de funk (e que importante vai ser essa representatividade logo após o que aconteceu no Baile da 17 no último fim de semana) a sertanejo? De rock a MPB? Do samba ao pop que atraca milhões de views? Isso sem falar na banda, uma senhora banda dos sonhos, com instrumentistas de altíssimo nível: Simone Sou na bateria, Lana Ferreira no baixo e synth, Aline Falcão no teclado, synth e sanfona, Tamima Brasil na percussão, Natalia Ferlina na guitarra e violão e a diretora/maestra Monica Agena, uma das melhores guitarristas do Brasil que assumiu os arranjos e coordenação da banda.

Temos feito um percurso de divulgação que inclui idas a algumas rádios, entrevistas por telefone, e-mail e algumas presenciais. Invariavelmente nos perguntam por que fazer um prêmio dedicado às mulheres da música. Hoje mesmo na Jovem Pan, encontrei meu ex-chefe, Tutinha Carvalho, que me fez justamente essa pergunta.

A resposta é sempre a mesma, mas eu tenho usado jeitos diferentes de falar. Enquanto a mulher for tratada como um ser humano que pode ganhar menos dinheiro, for testada a todo momento para provar que é capaz de cumprir suas tarefas profissionais, for legitimado o acúmulo de tarefas no trabalho e em casa sem que haja uma divisão justa, enquanto se esperar de uma artista que ela seja obrigada a usar roupas sexy para se dar bem, entre tantas outras coisas que desequilibram a balança entre gêneros, vai ter que ter sim premiação para mulheres.

E o nosso jeitinho de passar essa mensagem é fazendo uma celebração que à primeira vista é entretenimento puro, mas é só futucar um pouquinho pra entender que é o que queremos é quebrar os padrões estabelecidos e fazer com que, finalmente, ser mulher seja algo, assim, normal. Quem sabe no futuro não mudamos o nome da nossa plataforma para People's Music Event.

Veja aqui os nomes das artistas e profissionais confirmadas na premiação.

 

 

Sobre a autora

Claudia Assef é uma das mais respeitadas especialistas em música do país. É publisher do site “Music Non Stop” e ao lado de Monique Dardenne fundou o “Women's Music Event”, plataforma de conteúdo e eventos que visa aumentar o protagonismo da mulher na indústria da música.

Sobre o blog

Um espaço para falar sobre descobertas musicais, novidades, velharias revisitadas, tendências e o que está rolando na música urbana contemporânea, seja na noite ou nas plataformas de streaming mais próximas de você.

Blog Claudia Assef