Blog Claudia Assef

Topo
Claudia Assef

Claudia Assef

Categorias

Histórico

Gop Tun: conheça mais sobre um dos núcleos de festa mais potentes do país

Claudia Assef

02/02/2019 17h25

Em 2012, os DJs Bruno Protti (aka TYV), Fernando Nascii (aka Nascii), Caio Taborda (Caio T), Gui Scott e Vitor Kurc se juntaram em prol da boa música de pista sob um curioso nome em homenagem a um famoso filme de Tom Cruise. Desde seu nascimento, o crew Gop Tun tem feito muito por quem busca diversão regada a música eletrônica de qualidade.

Assim nasceram várias festas, podcasts, uma rádio maravilhosa (Na Manteiga), parceria com o festival holandês Dekmantel, entre outras coisas legais, como o festival Xama, que levou centenas de festeiros à Bahia na virada do ano.

Neste sábado (2), você pode conferir por que a Gop tem tanta moral numa festa com line-up joiado (tem de Shanti Celeste a Tessuto) que acontece na Fabriketa. Se eu fosse você, iria.

Caio Taborda (à frente) dá a letra: "fazer parcerias com outras festas é bom pra todo mundo"

É tanta coisa legal que eles têm feito que eu quis bater um papo com um dos cabeças da Gop, Caio Taborda, que falou em nome de seus três parceiros no crime: "Dentro da Gop cada um veste e se comporta como quiser, e assim deveria ser fora dela também". Falamos um pouco sobre Dekmantel, Na Manteiga, festas parceiras e planos para sobreviver à "nova era". 

1) A Gop Tun se tranformou numa plataforma de música mais que uma festa, certo? Qual seria o maior propósito de vocês?

Caio Taborda – Sim! Hoje temos diferentes maneiras de interagir com os artistas que convidamos, não só na festa, mas fora dela. Desde o Gop Cast, que procura fazer um recorte da cena sulamericana e também com ótimos DJs mundo afora que conhecemos quando viajamos pra tocar, o Chá do Gop, nossa residência quinzenal Na Manteiga Radio e também dentro da festa, com o Gop Shop, a pista mais intimista da Gop que abre as portas para praticamente todos os tipos de som (de world music a techno), a Danceteria, que foca mais em house e disco, e a Supernova, que vai pro lado mais obscuro/techno. Desta forma temos a oportunidade de receber uma gama grande de DJs de tribos e gêneros musicais diferentes e em momentos diferentes da carreira, no fim este é o nosso propósito, poder dar oportunidade para artistas novos, além de trazer conteúdo variado pro público.

2) Continua a vigorar a parceria de vocês com o festival Dekmantel? Haverá edição em SP este ano?

Caio Taborda – Boa pergunta, em breve devemos saber 🙂 Mas sim, eles continuam sendo nossos parceiros.

3) Me parece muito saudável o intercâmbio entre festas, como a de vocês e a Capslock. Vocês acreditam que isso ajuda a diversificar o público?

Caio Taborda – Com certeza, no fim esse intercâmbio acaba rolando de forma super despretenciosa, mesmo assim é bem legal, poder levar um pouco da Gop pra dentro da Caps e vice-versa, com certeza acaba gerando um intercâmbio de público, o que só beneficia ambas as festas.

4) Qual será a receita da Gop Tun para atravessar essa maré de menina veste rosa e menino veste azul?

Caio Taborda – Continuar fazendo o que estamos fazendo sem perder o foco em nossos valores. Dentro da Gop cada um veste e se comporta como quiser, e assim deveria ser fora dela também.

GOP TUN 2.2
Sábado, 2/2, a partir das 17h
Line-up: Shanti Celeste, Call Super, OMOLOKO, Cauana, Tessuto, Giu Nunez, e MOO, Forró Red Light, TYV, Caio T, Gui Scott e Nascii.
Fabriketa: Rua do Bucolismo, 81 SP

Sobre a autora

Claudia Assef é uma das mais respeitadas especialistas em música do país. É publisher do site “Music Non Stop” e ao lado de Monique Dardenne fundou o “Women's Music Event”, plataforma de conteúdo e eventos que visa aumentar o protagonismo da mulher na indústria da música.

Sobre o blog

Um espaço para falar sobre descobertas musicais, novidades, velharias revisitadas, tendências e o que está rolando na música urbana contemporânea, seja na noite ou nas plataformas de streaming mais próximas de você.